Blog

Vídeo

confira o nosso canal
Vídeo

Festival
Rec-Beat

Quando a pedra fundamental para formatar o Festival Rec-Beat aconteceu no já distante ano de 1993, a cidade do Recife vivia o que se imaginava ser o ápice de sua efervescência cultural. Naquela época, a proposta era de fazer festas itinerantes pela cidade, apresentando as novas bandas desse novo e propício contexto cultural. Quando o projeto tomou a dimensão de um festival, realizou sua primeira edição durante a festa de carnaval de Olinda e, desde então, descobriríamos que essa efervescência jamais deixaria de crescer.

Vinte e quatro anos depois, o festival não apenas acompanhou lado a lado todas as transformações da história da música local, como foi um dos responsáveis por diversas dessas mudanças. Sua programação, totalmente gratuita, ganhou sinônimo de pluralidade, na medida em que o Rec-Beat se configurou em uma mostra do que existe de interessante hoje não apenas em Pernambuco e no Brasil, mas também na América Latina e pelo mundo. Tornou-se um espelho para a bandeira do multiculturalismo levantada pelo carnaval que o circula.

Não por acaso, as principais atividades hoje do Rec-Beat surgem no mapa como um dos epicentros da efervescência do carnaval local, no Bairro do Recife. Mas o que se programa todos os anos vai além de ser apenas mais um palco de folia. É um espaço diferenciado, onde é possível conhecer música nova e transformar essas canções em trilha sonora para encontros entre grupos de pessoas que reconhecem ali uma atmosfera única, numa experiência especial.

Nessas mais de duas décadas de atividades é quase impossível pensar não apenas o Carnaval, como a própria música pernambucana, sem o Rec-Beat como referência. Sua programação atrai visitantes todos os lugares do país, e ajuda a música local a circular fora do Brasil – o evento passou a integrar a Associação Ibero-Americana de Festivais, que reúne eventos em toda a América Latina.

Essa é a experiência que tem atraído milhares de pessoas, há duas décadas, a escrever a história do Rec-Beat, que chegou aos seus 24 anos de existência posicionado entre os mais importantes festivais de música independente do Brasil.

Pelo segundo ano o Rec-Beat chega com uma edição especial em Caruaru, no dia 23 de fevereiro.

Parceiros